sexta-feira, agosto 30, 2019

ERC "chumba" SBSR nos 88,6 MHz da Rádio Jornal de Setúbal!

Se um "chumbo" incomoda, dois "chumbos" de seguida devem incomodar muito mais o engenheiro Luís Montez. A Rádio Jornal de Setúbal (88,6 MHz) "quis" associar-se ao projecto SBSR FM, pelo que solicitou autorização à ERC para a alteração do projecto generalista para temático musical.

Todavia, a Entidade Reguladora para a Comunicação Social entendeu que a intenção subjacente ao pedido era a transformação da RJS num mero retransmissor da SBSR; além disso,a ERC, mantendo a linha de coerência que levou à reprovação da mudança do projecto da Rádio Azul, continua a manifestar a preocupação derivada do facto de haver um elemento da gerência da rádio que também ´
é membro da gerência das outras duas frequências atribuídas ao concelho (Rádio Azul e Rádio Amália).

A ligação das três rádios ao grupo "Música no Coração" terá tido peso significativo na decisão da ERC. Em termos práticos, a ERC disse que, no limite, o  engº Luís Montez pode controlar indirectamente o funcionamento da RJS e da Rádio Azul,  além da Rádio Amália. Ou seja, as três rádios de Setúbal. Considerando todas estas preocupações e outras, a ERC deliberou indeferir  o requerimento para a autorização da mudança do projecto da RJS.

1 comentário:

DJ Grilo disse...

Se as licenças e o custo de funcionamento não fossem tão elevados, eu não me importava de ficar com uma das frequências, e de certeza que com melhor música que a SBSR. 3 frequências locais e nenhuma consegue ser diferente... Só música para rebanhos de ovelhas...