quarta-feira, janeiro 08, 2020

Emissora católica (?) portuguesa encerra estúdios de Braga e despede profissionais da Rádio Sim

Segundo a edição online do jornal "Correio da Manhã", a emissora católica portuguesa decidiu não só despedir três trabalhadores da Rádio Sim (José Monteiro, Carlos Coutinho e Carlos Lopes), como também, numa atitude pouco católica apostólica romana, encerrar os estúdios de Braga.

Como seria de prever, o mal estar derivado do encerramento da Rádio Sim alastrou-se da Quinta do Bom Pastor a outros sectores da Igreja. O Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, diz-se apreensivo e a situação vai inclusivamente ser debatida na próxima Assembleia Plenária da Conferência Episcopal, que terá lugar no próximo mês de Abril.

sexta-feira, janeiro 03, 2020

É oficial: Rádio Sim vai acabar

É oficial: o canal sénior da emissora católica portuguesa vai ser descontinuado em breve. Em causa está, alegadamente, e de acordo com a "Meios & Publicidade" , motivos de viabilidade económica.

Desconhece-se os planos da Renascença para o futuro, todavia é certo que, por razões legais (pertencem à rede nacional de emissores da RR), as frequências FM da Rádio Sim em Braga (101,1), Leiria (95,1) e Elvas (99,8 + 102,3 MHz) terão, a terminar os desdobramentos na emissão que constituem a Rádio Sim, de "regressar" ao sinal nacional do "canal 1" da Rádio Renascença. Se o operador da Quinta do Bom Pastor não lançar outro canal a substituir a Rádio Sim, é provável que muitas das frequências locais da estação sénior (102,2 Palmela; 92,6 + 99,5 MHz Rio Maior, 97,5 Portel; 106,4 MHz Viseu e 100,8 MHz Maia) passem para a Mega Hits. A frequência redundante seria os 100,8 Maia, já que a Mega emite do mesmo local, a Serra de Santa Justa (Valongo), nos 90,6 MHz.