terça-feira, novembro 24, 2020

Media Capital e ERC: uma relação que tem sofrido alguma agitação

As mudanças na estrutura accionista da Media Capital continuam a colocar grãos de areia na engrenagem da relação entre a empresa e a entidade reguladora da comunicação social, a ERC.

Sintetizando, a ERC publicou ontem uma deliberação que teve como efeito a suspensão dos direitos de voto dos novos accionistas da Media Capital, incluindo, entre outros, o empresário Mário Ferreira, a Triun, a Biz Partners, a CIN e a ZenithOdissey.

Hoje, um dia depois e ignorando a ameaça da ERC, a generalidade dos accionistas presentes na assembleia-geral da empresa aprovou os novos estatutos e a nova administração, presidida por Mário Ferreira.

Note-se que a entidade reguladora tem dúvidas sobre o verdadeiro dono da Media Capital, na medida em que a alteração de domínio a favor de Mário Ferreira (e de outros accionistas) não foi aprovada pela ERC, pelo que já existe um processo de contra-ordenação que poderá levar à anulação da compra de mais de 30% da Media Capital pelo empresário da DouroAzul.

Estamos certos de que a história não se vai ficar por aqui. Se toda esta indefinição acaba por prejudicar não só a TVI como também a Rádio Comercial, a M80 Rádio, a Smooth FM, a Cidade FM e a Vodafone FM, além dos restantes activos da empresa, não se espera, infelizmente, um clima de tranquilidade dentro da empresa que ofereça as melhores condições para o funcionamento da televisão e das rádios do grupo. Antes este fosse o argumento de um qualquer episódio de uma das novelas da TVI... Vamos ver no que isto vai dar...

quinta-feira, novembro 12, 2020

Rádio Comercial tem nova webrádio dedicada à música brasileira

Uma breve nota para noticiar que a Rádio Comercial lançou uma nova webrádio dedicada à música brasileira. A "Rádio Comercial Brasil" já se encontra disponível no site da estação, bem como nas aplicações para dispositivos móveis.

domingo, novembro 08, 2020

Um mau serviço público: Antena 1 não transmite conferência de imprensa do Conselho de Ministros extraordinário!

Lamentável e vergonhoso. Duas palavras para descrever o exemplo de não serviço público que a Antena 1 desempenhou na noite passada. Estando Portugal em estado de emergência e havendo um Conselho de Ministros extraordinário com direito a uma conferência de imprensa onde o primeiro-ministro do país anunciou medidas excepcionais que restringem consideravelmente a liberdade de circulação dos portugueses, o primeiro canal da rádio pública limitou-se a passar música e a transmitir o noticiário das 0h00 deste domingo, onde até tentou entrar em directo para se ouvir em condições técnicas absolutamente execráveis algumas das declarações do chefe de governo. À mesma hora, a TSF e a Rádio Observador transmitiam na íntegra a intervenção de António Costa.

Não há desculpas, senhores da RTP-rádio e, em particular da Antena 1. Custava muito interromper os programas de "enlatados" de fim-de-semana e ter um jornalista de serviço munido de um microfone colocado ao lado do das televisões, a acompanhar em directo o anúncio das novas medidas que afectarão a vida da esmagadora maioria dos portugueses? Uma rádio pública que se preze tem de ter profissionais 24 horas por dia disponíveis para qualquer eventualidade informativa que justifique a interrupção dos programas habituais para cobrir uma situação que o justifique. Sobretudo quando a reunião estava agendada há algum tempo, a Antena 1 tinha toda a obrigação de se ter preparado para cobrir a conferência. A atitude da rádio pública foi, acima de tudo, uma tremenda falta de respeito por todos os portuguesas e todas as portuguesas que, não acompanharam através da televisão e queriam poder ouvir na rádio o primeiro-ministro numa altura tão complicada para todos - por maioria de razão quando nem a TSF, nem a Rádio Observador, se ouvem em todo o país! Espero que o Sr. Provedor do Ouvinte o jornalista João Paulo Guerra, tenha a coragem de abordar este assunto num dos próximos programas.

quarta-feira, novembro 04, 2020

Emissão especial dedicada aos 70 anos do António Macedo

Vale a pena ouvir o programa especial de comemoração do 70° aniversário do António Macedo, realizado pelo CENJOR.

Tendo começado nas lides da radiodifusão na Rádio Nacional de Angola, o António Macedo passou também pela Rádio Comercial, TSF e, durante quase duas décadas, fez as manhãs da Antena 1. Um excelente profissional que indubitavelmente merece ser homenageado. Ao grande António Macedo, endereço os meus parabéns.

terça-feira, novembro 03, 2020

Rádio Dueça (94,5 MHz Miranda do Corvo) ficou literalmente sem telhado!

A Rádio Dueça (94,5 MHz Miranda do Corvo, no distrito de Coimbra) está sem emissão devido ao desabamento do telhado do edifício dos estúdios, tendo ficado sem energia eléctrica.

Com uma casa em estado grave de degradação, sem condições para funcionar, a Rádio Dueça merecia que as gentes e as instituições mirandenses se mobilizassem para encontrar e ceder um espaço minimamente digno para acolher os estúdios da estação. Esperemos que a situação seja resolvida muito em breve...