segunda-feira, outubro 19, 2020

Faleceu José Paulo Alcobia

A rádio pública está a noticiar a morte de José Paulo Alcobia, um profissional que passou pela Rádio Comercial, Rádio Energia, Antena 3, Antena 1 e que, nos últimos tempos, fazia parte da equipa da RDP Internacional. Crítico e comentador de cinema, José Alcobia trabalhou em programas como o "Cinemax" ou o "Costa a Costa".

Que descanse em paz. À família, amigos e colegas do radialista, apresento as minhas condolências. Hoje a rádio pública ficou um pouco mais pobre.

segunda-feira, outubro 12, 2020

Renascença Canal 1. É um espectáculo... lamentável

Socorri-me de um slogan antigo da emissora católica portuguesa para descrever a situação ocorrida ontem, numa tarde de domingo onde, além das celebrações religiosas, havia um jogo de futebol ao início da noite.

Entre as 18h30 e as 19h00, a Rádio Renascença tocava música após música. No mesmíssimo horário, as frequências ainda existentes da Rádio Sim (Portel, Palmela e Maia) emitiam o Terço. Em suma, os poucos ouvintes católicos do que resta da Rádio Sim puderam acompanhar a celebração religiosa. Já os católicos que sintonizam através da rede nacional de emissores da Rádio Renascença, tiveram de se contentar com música. Atrever-me-ia a perguntar, em tom de ironia, se os ouvintes da RR serão filhos de um deus inferior para não merecerem acompanhar a oração à Nossa Senhora através da rádio - por maioria de razão numa altura em que as celebrações religiosas são realizadas em espaços com lotação fortemente limitada mercê da pandemia, obrigando muitos fiéis a acompanhá-las à distância (onde a estação da Quinta do Bom Pastor devia servir de exemplo) -  num período de tempo em que o futebol não havia começado ainda. Afinal, a Renascença é mais uma emissora comercial portuguesa ou é a emissora católica portuguesa, como se auto-intitula? No mínimo dos mínimos, esperava-se que a programação religiosa das tardes de domingo fosse emitida no que resta da rede de Onda Média e nas antigas frequências da Rádio Sim em Braga, Leiria e Elvas. Assumo que não sou praticante religioso, mas respeito quem acredita em Deus e gostaria de acompanhar as cerimónias através da mais antiga rádio católica em Portugal.

sexta-feira, outubro 09, 2020

Rádio Ondas do Lima (95,0 MHz Ponte de Lima) deslocaliza o emissor para a Serra d' Arga

A Rádio Ondas do Lima (95,0 MHz), estação local do concelho de Ponte de Lima (distrito de Viana do Castelo) deslocalizou o centro emissor para o alto da Senhora do Minho, na Serra d' Arga, a 800m de altitude.

Esta mudança permite à estação reforçar o sinal não somente no Alto Minho como também em várias zonas do Grande Porto. É sempre bom ver que há rádios locais que se preocupam em fazer-se ouvir melhor e mais longe na região onde se inserem.

sexta-feira, setembro 25, 2020

TuneIn: rádios internacionais bloqueadas no Reino Unido!

Muitos dos leitores do blogue conhecem decerto a aplicação "TuneIn", que permite ouvir milhares de emissões online de estações de rádio através do smartphone ou tablet. Pois bem, os britânicos começam a perder grande parte do interesse no software... É que a empresa fabricante da aplicação passou a bloquear o acesso a estações de rádio de outros países no Reino Unido. Em causa estão questões legais de licenciamento dos conteúdos, que levaram a Sony e a Warner a processar judicialmente a TuneIn. Assim, quem vive no país do mítico radialista John Peel deixará de ter disponível no TuneIn um número considerável de rádios estrangeiras. Claro que os utilizadores podem recorrer a outras aplicações de rádio online ou até a uma VPN... até que algum tribunal considere que todas as aplicações informáticas que facilitam o acesso a milhares de rádios infringem as leis de protecção dos direitos de autor.

É na altura destas decisões que, mais do que nunca, defendo que a Internet jamais poderá substituir por completo as emissões hertzianas. A Internet pode ser alvo de restrições, todavia é muito mais difícil impedir a escuta de uma determinada emissão a não ser empastelando o sinal. Uma estação estrangeira pode fazer-se ouvir no Reino Unido através da Onda Curta; todavia, a única forma que o país teria de prejudicar ao máximo a recepção da rádio seria investir em emissores e antenas que permitissem interferir deliberadamente no sinal hostil. Nada é mais livre do que as ondas electromagnéticas, que não querem saber de culturas, de ideologias políticas, de línguas, de religiões e de outras questões sensíveis que afectam a relação entre humanos. Não querem saber de fronteiras geográficas ou políticas e as únicas leis às quais obedecem são as leis da Física.

sexta-feira, setembro 11, 2020

Antena 1 termina com a "Tarde Desportiva" aos domingos

A Antena 1 vai descontinuar a "Tarde Desportiva", programa transmitido aos domingos há mais de 50 anos. Em causa está, entre outras razões, os horários dos jogos dos três grandes clubes portugueses (Benfica, Sporting e FCPorto), mas também a influência dos canais de televisão desportivos, que têm feito com que o horário do programa deixe de se adequar à realidade do futebol no ano de 2020.

Certo é que a rádio pública promete continuar a ter espaços desportivos, nomeadamente relatos de futebol. Passa a haver às sextas-feiras um programa de lançamento da jornada, além de um outro programa dedicado a outras modalidades, que deverá ir para o ar em Janeiro.

Terminar com a "Tarde Desportiva", a meu ver, é uma decisão adequada, quando o futebol da segunda década do século XXI já não é o futebol do século XXI e as rádios têm de saber adaptar-se a outra realidade desportiva. Se já era assim antes da pandemia, é-o, por maioria de razão, quando os estádios estão vazios e quem não tem canais desportivos em casa e não quer ou não pode sair de casa para ver televisão no restaurante ou está a viajar espera continuar a ouvir os relatos na rádio.

A lamentar mesmo é a opção de colocarem música "a metro" nas tardes de domingo da Antena 1. Podiam aproveitar o tempo para transmitir programas melhores - e para se ter um programa que vale a pena ouvir não é preciso muito: basta um microfone e talvez um convidado que traga um assunto interessante. Sejam episódios da História de Portugal, sejam curiosidades da astronomia, seja um momento melodioso de literatura, seja até música do mundo (world music), seja outro tema que se adeque ao serviço público, daria para um programa diferente que merecesse a atenção dos ouvintes nas tardes de domingo.

quinta-feira, setembro 10, 2020

Rádio Estádio: falida e cheia de dívidas

Uma reportagem recente da TVI revela o estado a que a Rádio Estádio chegou. Em poucos meses, a estação acumulou dívidas na ordem dos 2,5 milhões de euros, onde se inclui os salários em atraso dos profissionais. É este o legado que o empresário Bruno Costa Carvalho deixa aos trabalhadores e talvez a alguns fornecedores da Rádio Estádio. Bem vistas as coisas, uma rádio que funcionava de forma tão amadora que jamais deveria ter saído do papel.

sexta-feira, setembro 04, 2020

Media Capital vendida a Cristina Ferreira, Tony Carreira, Pedro Abrunhosa e outros accionistas!

Por mais insólito que possa soar, não, hoje não é dia 1 de Abril, mas não deixa de ser uma notícia surpreendente. A PRISA está a proceder à venda da totalidade da sua participação na Media Capital a vários investidores portugueses. Entre os mais de 10 novos accionistas portugueses da empresa proprietária da TVI, da Rádio Comercial, da M80 Rádio, da Cidade FM, da Smooth FM, da Vodafone FM e de outros activos, encontram-se várias figuras públicas, incluindo a apresentadora Cristina Ferreira e os artistas Tony Carreira e Pedro Abrunhosa.

Uma vez que o capital é disperso sem que nenhum accionista adquira o domínio da empresa, a operação não tem de ser aprovada pela ERC. Depois de vários avanços e recuos, onde se inclui o interesse da Cofina pela empresa, parece que é desta que a venda da Média Capital se vai concretizar.