quinta-feira, novembro 15, 2018

União Europeia quer obrigar auto-rádios novos a terem a tecnologia DAB/DAB+

Quando o Parlamento Europeu aparenta não ter mais nada de importante para discutir, eis que os senhores deputados se lembram de apresentar uma medida de inventivo à escuta das emissões de rádio através da tecnologia digital DAB/DAB+. Se o projecto da directiva europeia for levada avante, os fabricantes de automóveis e os de auto-rádios serão obrigados a fabricar rádios que, podendo manter a funcionalidade de recepção das emissões FM e OM, terão obrigatoriamente de permitir a recepção das emissões digitais DAB/DAB+. Isto se a rádio digital estiver disponível na região do feliz comprador do automóvel novinho em folha...

Já por várias ocasiões falei neste blogue da rádio digital - e mantenho tudo o que escrevi. Se a rádio digital promete ser o futuro em países como o Reino Unido,a Suíça ou a França, há outros países europeus em que, para já, um auto-rádio com DAB só é útil para sintonizar as emissões FM. Com efeito, (já) não existem emissões DAB/DAB+ na Finlândia; bem mais perto de Portugal, na vizinha Espanha só existem emissões digitais nas regiões de Madrid e Barcelona. Outros países europeus têm uma cobertura radioeléctrica do DAB/DAB+ ainda muito limitada. E mesmo na Noruega, país não pertencente à União Europeia mas que teve a atitude radical de desligar as rádios nacionais em FM no ano passado (2017), obrigando as populações a comprarem receptores digitais, há muito boa gente que não ficou muito satisfeita...

E por cá? Como foi dito em Janeiro de 2017, Portugal não tem condições para acabar com a rádio FM a curto prazo. Num país onde as rádios locais sobrevivem mantendo mesas, microfones e outros equipamentos com mais de 20 anos de operação, onde sem a solidariedade dos ouvintes e empresários da região seria muito difícil restabelecer a emissão FM depois de uma estação "ver" a sua torre caída mercê de condições meteorológicas extremas, num país com um dos salários mínimos nacionais mais baixos da Europa e onde muitos profissionais da rádio (inclusivamente na rádio pública) permanecem em situação laboral precária há demasiados anos, diria, socorrendo-me de um ditado popular, que quem não tem dinheiro não tem vícios. Não tenho dúvidas que a digitalização da rádio é o futuro, todavia, ao custo a que está a tecnologia digital nos dias de hoje, não há condições para as rádios portuguesas, especialmente as dos operadores locais, procederem a uma profunda actualização tecnológica compatível com a operação em modo exclusivamente digital. Quiçá se possa pensar melhor quando os custos de aquisição e funcionamento dos equipamentos de emissão em DAB+ diminuam substancialmente...

sexta-feira, outubro 19, 2018

Record FM Leiria muda de frequência, dos 101,3 para os 101,4 MHz

A Record FM Leiria alterou a sua frequência de emissão, dos 101,3 para os 101,4 MHz. Presume-se que esta mudança visa a minimização de interferências da Antena 3 (Gardunha) e da Rádio Nova Era (ambas nos 101,3 MHz sobre o emissor leiriense. A nova frequência deverá, por enquanto, manter-se em fase de testes até à decisão definitiva da ANACOM.

terça-feira, outubro 16, 2018

Furacão "Leslie" destrói torres de emissão de várias rádios

Na madrugada do passado domingo (dia 14/10), o furacão "Leslie" atingiu Portugal, tendo provocado danos materiais consideráveis em determinados pontos do país; se as populações viram várias estruturas não resistir à força dos ventos, houve rádios locais que tão-pouco ganharam para o susto. Se a maior parte dos problemas nas rádios foi já solucionada ou estará em vias de o ser brevemente, existem outras situações onde as estações perderam o "pio" por via hertziana, mercê da queda das respectivas torres de emissão.

A Rádio Amália viu a torre dos 92,0 MHz Loures ser parcialmente derrubada pelo vento forte. Privada da torre, a estação utiliza um emissor que se encontra agora a operar com potência reduzida. De referir que a emissão nos 100,6 MHz Setúbal esteve inoperacional por umas horas, mas foi restabelecida.

Também a Mundial FM (100,5 MHz Vila Nova de Poiares) e a Rádio Universidade de Coimbra (107,9 MHz Coimbra) perderam as torres a partir do qual irradiavam as respectivas emissões FM.

Perante estas situações graves,  resta esperar que a rádios visadas tenham condições para retomar as condições de emissão tão depressa quanto possível.

quarta-feira, outubro 10, 2018

RTP: Centro Emissor de Onda Curta (São Gabriel) ao (quase) abandono

Uma notícia recente publicada no site do jornal "Correio da Manhã" revela o que se temia. O Centro Emissor de Onda Curta da RDP (CEOC), localizado perto da localidade de Canha, no concelho do Montijo, encontra-se praticamente ao abandono (ainda que tenha vigilância), sem ter qualquer utilização a não ser o de armazém de um espólio que merecia estar exposto num novo "Museu da Rádio" em vez de continuar a degradar-se sem honra nem glória.

Como se sabe, as instalações do CEOC em São Gabriel (um esclarecimento:"São Gabriel" não é nenhuma localidade ou um qualquer lugarejo perto das instalações da RTP; na verdade, trata-se simplesmente da designação do terreno onde se insere o CEOC) estão desactivadas desde 2011, na sequência do encerramento das emissões em Onda Curta da RDP Internacional. Aparentemente, há um hipotético interesse na alienação do complexo, integrado numa área de cerca de 90000 metros quadrados.

De referir, a a título de curiosidade, que a notícia já foi traduzida para a língua castelhana, através do sítio "El Radioescucha".

E é assim que o material histórico do serviço público de rádio e, por inerência, propriedade do Estado português, está a ser "estimado" ...

sexta-feira, outubro 05, 2018

Rádio Linear (Vila do Conde) prepara-se para mudar de frequência, dos 104,6 para os 88,6 MHz

A Rádio Linear (Vila do Conde) prepara-se para mudar de frequência a partir do próximo mês de Novembro, dos actuais 104,6 MHz para os 88,6 MHz (antiga frequência da Rádio Voz de Santo Tirso).

Esta alteração deverá ter como objectivo principal não só evitar as interferências dos emissores de Valongo da RR (104,5) e de Santa Maria da Feira do Rádio Clube da Feira (104,7 MHz) sobre os 104,6 MHz, mas, sobretudo, permitir a deslocalização do centro emissor da estação vilacondense. Continua, contudo, a ser de lamentar o sacrifício imposto à estação de Santo Tirso (interferida pela TSF nos 107,4 MHz), a favor da cobertura da Rádio Linear.

sexta-feira, setembro 07, 2018

Faleceu Maria José Mauperrin

Desaparece uma das grandes senhoras da rádio em Portugal. A locutora e realizadora Maria José Mauperrin faleceu hoje aos 89 anos. Tendo passado pela Emissora Nacional, pelo Rádio Clube Português e pela então RDP- Rádio Comercial. Ficou conhecida do público por dar a voz a programas como o "Café Concerto" ou o "Quatro temas em Dezembro". De referir que, além da rádio, foi também colaboradora do jornal "Expresso".

À família enlutada, colegas e amigos da Maria José Mauperrin, resta-me apresentar as minhas condolências. Que descanse em paz.

segunda-feira, agosto 27, 2018

"Estádio" - a nova rádio portuguesa dedicada ao desporto

"Estádio". É o nome da rádio que vai ser brevemente lançada em Portugal. A estação vai ler liderada pelo empresário Bruno Costa Carvalho promete apostar sobretudo no futebol, 24 horas por dia, embora promete abordar outras modalidades sempre que se justificar.

Para já, sabe-se que a estação efectuou um investimento de cerca de 3 milhões de euros numa frequência (que é como quem diz, numa rádio já existente e com alvará válido), esperando poder arrancar até ao final deste ano (porventura em Novembro).