quinta-feira, setembro 16, 2021

Rádios da Media Capital vendidas ao grupo britânico Bauer Media?

Segundo o jornal "i", a Media Capital estará prestes a concluir o negócio da venda das rádios do grupo (Rádio Comercial, M80 Rádio, Cidade FM, Smooth FM e Vodafone FM) ao grupo britânico "Bauer Media Group UK", com origem na Alemanha.

Importa mencionar que o grupo Bauer está presente em vários países, e subsidiária britânica é proprietária de diversas estações do país liderado pela rainha Isabel II, incluindo a "Absolute Radio", a "Kiss" ou a "Magic Radio".

A concretizar-se o negócio, a Media Capital abandona o mercado da radiodifusão, já que o grupo Bauer deverá adquirir a totalidade da operação da MCR (Media Capital Rádios). Resta saber que efeitos terá a mudança de proprietários nas cinco rádios - teremos de esperar por futuros desenvolvimentos...

segunda-feira, setembro 06, 2021

TSF: Avarias & Avarias Group

Permitam-me a ironia de sugerir que a Global Media Group, a holding dona da TSF, mude de designação para "Avarias & Avarias Group". Se já era muito mau para a TSF manter o emissor de Braga inoperacional durante vários dias, ou deixar o emissor da Marofa em portadora também por um período de tempo relativamente prolongado, eis que os emissores do Muro (Serra Amarela) e da Lousã estiveram recentemente também desligados durante algum tempo, muito provavelmente dias. 

Importa sublinhar que o emissor do Muro (106,5 MHz) é "só" o emissor que cobre grande parte do Minho; para piorar as coisas, o emissor instalado no alto do Trevim (Serra da Lousã), é simplesmente o emissor da TSF com maior cobertura radioeléctrica em Portugal, ouvindo-se não somente na região Centro mas também em Lisboa, nalgumas zonas do Alto Alentejo e até interfere a Rádio Voz de Santo Tirso (que emite na mesma frequência, 107,4 MHz) no Grande Porto.

Com demasiadas falhas graves na manutenção da rede de emissores, e socorrendo-me de algum sarcasmo, suponho que, neste este estado de coisas, a direcção da TSF e, sobretudo a administração da Global Media tenham estado a pensar como vão testar a nova tecnologia de difusão de notícias em tempo real, destinada a compensar as falhas do FM. E não, não me refiro à rádio digital no sistema DAB/DAB+ ou a algum "codec" novo para stream online de alta fidelidade. Refiro-me à tecnologia "ultra-moderna" da rede nacional de fogueiras - sim, uma TSF (Telefonia via Sinais de Fumo)...

terça-feira, agosto 31, 2021

Emissor da Rádio Imagem (87,6 MHz Fornos de Algodres) vandalizado!

A Rádio Imagem (87,6 MHz Fornos de Algodres, no distrito da Guarda) viu o centro emissor ser vandalizado, tendo sido furtados alguns equipamentos. Esta situação obrigou a rádio a suspender as emissões FM.

Independentemente das motivações que levaram ao sucedido, espero que os criminosos execráveis e sem escrúpulos sejam identificados e levados à justiça.

Ainda há rádios locais que incomodam - e ainda bem! Destruir o patrocínio duma rádio significa atentar contra a liberdade de informação e de expressão, contra os profissionais da estação que querem trabalhar para serem ouvidos e contra os ouvintes que, permitam-me o pleonasmo, querem ouvir a estação da sua terra. Não posso deixar de me silidarizar com os responsáveis e profissionais da Rádio Imagem, desejando que a emissora local de Fornos de Algodres consiga reestabelecer as emissões hertzianas tão depressa quanto possível.

sábado, agosto 28, 2021

Rádio Observador emite provisoriamente a partir da Amadora

A Rádio Observador trocou provisoriamente o concelho de Lisboa pelo da Amadora, passando a realizar as emissões a partir dos estúdios da ex-Fi FM.

Esta mudança temporária deve-se à realização de obras no edifício da redacção do jornal e dos estúdios da rádio, em Lisboa, que decorrem até meados do mês de Outubro.

quarta-feira, agosto 25, 2021

TSF: emissor da Marofa (105,4 MHz) em portadora e sem RDS há dias!

Não há qualquer dúvida: a TSF vai de mal a pior, incluindo a parte técnica.

O emissor da Serra da Marofa (105,4 MHz), que serve a Beira interior, incluindo o vale do Côa, o Alto Douro oriental e até a zona de Vilar Formoso, encontra-se em portadora há vários dias, sem emitir o áudio da TSF nem os dados do RDS.

Infelizmente, a precariedade nas condições de funcionamento da rede de emissores já se nota de Norte a Sul do país, verificando-se uma degradação considerável da qualidade de som dos emissores e da cobertura radioléctrica de alguns dos emissores. Já o disse mas insisto, é triste assistir à destruição progressiva duma rádio que foi  (já não o é) uma referência em Portugal.

terça-feira, agosto 24, 2021

Myanmar confisca rádios com Onda Curta!

Se dúvidas houvesse que em 2021 as emissões em Onda Curta ainda incomodam regimes políticos, uma notícia recente dá conta da nova forma de censura por parte da junta militar que governa com pulso de ferro Myanmar, a antiga Birmânia.

O governo exilado por força da ditadura militar lançou a Rádio NUG, uma estação anti-regime transmitida em Onda Curta para o país asiático. A solução? Ordenar o confisco dos rádios com Onda Curta que estejam à venda nas lojas. Depois da proibição das antenas parabólicas e das restrições no funcionamento da Internet, a única coisa que o regime podia fazer contra as emissões hostis era tentar conter os danos, evitando que mais ouvintes sintonizem estações de rádio que emitam a partir do estrangeiro.

Para quem estiver em Portugal, é possível tentar escutar a Rádio NUG nos 17710 kHz em dois períodos do dia: a partir das 2h30 (hora portuguesa, 1h30 UTC) e a partir das 14h30 (13h30 UTC). Obviamente que quem estiver noutro país poderá sintonizar a frequência referida, devendo para o efeito determinar os horários na hora local do país onde se encontra.

Não há dúvida que a rádio tem uma característica inegualável por qualquer outro meio de comunicação: a capacidade de atravessar fronteiras sem que no território de destino das emissões seja possível fazer muito mais do que empastelar, interferir deliberadamente as emissões, ou confiscar receptores.

sexta-feira, agosto 20, 2021

Fama Rádio (Vila Nova de Famalicão) deslocaliza o emissor principal para chegar melhor e mais longe

Segundo a informação cedida pelo utilizador "Rochinha Mike" no grupo " Mundo da Rádio" na rede social Facebook, a "Fama Rádio", estação local do concelho de Vila Nova de Famalicão (distrito de Braga) e que opera nos 105,0 (emissor principal) e nos 96,4 MHz (microcobertura), procedeu à deslocalização do emissor dos 105,0 MHz para o Monte de Nossa Senhora da Assunção, Monte Córdova, no concelho de Santo Tirso, a cerca de 500m de altitude, utilizando uma torre com mais de 50m de altura.

Com esta mudança, a "Fama Rádio" deverá fazer-se ouvir melhor no Minho e na Área Metropolitana do Porto; contudo, a cobertura a Sul deverá ser limitada pela presença da Rádio Terra Nova, com emissor na Gafanha da Nazaré (Ílhavo), na mesma frequência (105,0).