quarta-feira, janeiro 20, 2021

Rádio Observador já emite nos 88,1 MHz de São João da Madeira

 A Rádio Observador já se ouve no distrito de Aveiro e no Sul do distrito do Porto, na frequência de 88,1 MHz (ex- Rádio Regional Sanjanense), atribuída ao concelho de São João da Madeira.

Assim, a estação ganha a terceira frequência a nível nacional, que permite não apenas reforçar o sinal no Grande Porto como também fazer-se ouvir mais a Sul, até Ílhavo e Águeda. Recorde-se que a estação emite também nos 98,7 MHz Seixal, servindo parte da Grande Lisboa e margem Sul do Tejo e nos 98,4 MHz Vila do Conde (com emissor no Monte de Santa Eufémia), frequência que cobre o Grande Porto.

RDP África vai passar a emitir no Grande Porto, através dos 91,5 MHz!

O secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva, anunciou, em primeira mão, que a RDP África vai ter uma frequência no Grande Porto: 91,5 MHz

Trata-se de uma frequência atribuída há longos anos a um operador mas que jamais foi efectivamente explorada pelo vencedor do concurso. Nos últimos anos, a ANACOM autorizou a utilização temporária da frequência a algumas rádios, incluindo a Rádio Manobras.

Quase certo é que a RDP África vai emitir do Monte da Virgem, partilhando a torre com a Antena 1, a Antena 2 e a Antena 3. Desconhece-se para já a data do início da entrada em funcionamento do novo emissor. Com este "presente" do governo, o canal da rádio pública dedicada aos países africanos lusófonos e às comunidades africanas em Portugal, passa a ser escutada no FM do nosso país em Lisboa (101,5 MHz), Porto (91,5), Coimbra (103,4) e Faro (99,1 MHz). 

domingo, janeiro 17, 2021

Debate com os candidatos às eleições presidenciais amanhã na Antena 1, Rádio Renascença e TSF

É já amanhã, dia 18 de Janeiro, que a Antena 1, a Rádio Renascença e a TSF transmitem em simultâneo, a partir das 9h00, o debate com os vários candidatos às eleições presidenciais. De referir que, além da emissão nas rádios, o debate vai ser transmitido em vídeo através de streaming disponível nos sites e nas redes sociais das três estações.

sexta-feira, janeiro 15, 2021

Governo aumenta quota de música portuguesa nas rádios

O governo vai fixar a quota de música portuguesa nas rádios em 30%. A medida, anunciada pela ministra da Cultura, Graça Fonseca, afecta a esmagadora maioria das rádios locais, regionais e nacionais portuguesas, com a excepção de algumas estações temáticas que, por tocarem géneros musicais sem uma produção nacional satisfatória, estão isentas do cumprimento desta exigência.

De referir que a quota não sofre modificações desde que foi introduzida em 2009. Em todo o caso, a ERC reconheceu, em Julho de 2020, que a maioria das rádios já excede a quota obrigatória de 25% de música portuguesa.

quinta-feira, janeiro 14, 2021

Antena Livre (Abrantes) vai proceder às suspensão da emissão FM para trabalhos de manutenção no emissor e mudança de frequência para os 96,7 MHz

A Antena Livre (89,7 MHz Abrantes) vai realizar, na próxima terça-feira, dia 19, trabalhos de manutenção do emissor e à alteração da frequência, dos 89,7 para os 96,7 MHz. Esta mudança visa melhorar as condições de recepção na região, permitindo à estação abrantina chegar melhor e mais longe, numa frequência mais limpa. Neste contexto, a emissão FM será suspensa por algum tempo (enquanto decorre a intervenção técnica), contudo a emissão online não será afectada.

De referir que a frequência de 96,7 MHz foi utilizada pela extinta Rádio Tágide, outra rádio local que existiu em Abrantes, que teve de encerrar a actividade em 2014 devido a insolvência.

quinta-feira, janeiro 07, 2021

Rádio Observador reforça cobertura no Norte (88,1 MHz S. João da Madeira)

A Rádio Observador vai reforçar a cobertura radioeléctrica no Grande Porto e Beira Litoral (incluindo Aveiro), através da frequência da actual Rádio Regional Sanjoanense (88,1 MHz São João da Madeira), que vai passar a designar-se "Observador 88.1". A modificação do projecto aprovado para a rádio local atribuída ao concelho de S. João da Madeira já foi aprovada pela ERC.

Importa referir que a deliberação da entidade reguladora revela outra notícia interessante: a ERC está a avaliar a alteração do projecto aprovado para a actual "93.7 FM" do concelho da Amadora, frequência que poderá, a ser aprovada tal alteração, servir de reforço de sinal da Rádio Observador para a região de Lisboa e Estremadura.

Certo é que a Rádio Observador emite actualmente nos 98,7 MHz Seixal (servindo a região de Lisboa e a margem Sul do Tejo) e nos 98,4 MHz Vila do Conde (cobrindo o Grande Porto); em breve também nos 88,1 MHz São João da Madeira, com emissor no concelho de Oliveira de Azeméis e que melhorará a cobertura no Porto e a Sul da Cidade Invicta até às região de Aveiro/ Ílhavo/Águeda, pelo menos.

Antena 1, uma rádio mais inclusiva em 2021!

Se, como escreveu Antoine de Saint-Exupéry, "o essencial é invisível aos olhos", uma frase que, retirada do contexto, se pode aplicar à rádio, não é menos verdade que há quem não possa ouvir rádio porque não possa simplesmente ouvir.

Estima-se que existam em Portugal 100000 a 150000 pessoas surdas ou com deficiência auditiva. Pessoas que jamais serão ouvintes de rádio. Contudo, a Antena 1 passa a prestar um verdadeiro serviço público dirigido todos os homens, todas as mulheres e a todos os jovens que não conseguem ouvir e compreender as palavras faladas pelo altifalante do receptor de rádio.


Uma excelente iniciativa que deveria ser adoptada por outras estações de rádio!


terça-feira, janeiro 05, 2021

Concerto inaugural da presidência portuguesa da União Europeia com transmissão na Antena 1

Porque importa destacar alguns eventos culturais que passam na rádio, o concerto inaugural da presidência portuguesa será transmitido também, a par da RTP-televisão, na Antena 1. O espectáculo, que inclui artistas como Carminho, Ana Moura, Sara Correia, Camané e a guitarrista Marta Pereira da Costa, será acompanhado pela Orquestra Sinfónica Portuguesa, dirigida pela maestrina Joana Carneiro. A não perder esta terça-feira, a partir das 18h30, no primeiro canal da rádio pública portuguesa.

sexta-feira, janeiro 01, 2021

Faleceu Carlos do Carmo - e a rádio portuguesa não ficou indiferente

Morreu o Senhor (com "S" maiúsculo) do Fado. A história de vida do grande fadista Carlos do Carmo confunde-se com a história do Fado das últimas décadas - e às qual as rádios portuguesas contribuíram significativamente através da divulgação da música genuinamente portuguesa, cantada em português e reflectindo a cultura do nosso país.

Depois de ter um ano de 2020 para esquecer, Portugal começou o ano com mais uma má notícia; contudo, importa popreferir que a maioria das rádios, incluindo as mais ligadas à informação, nomeadamente a Antena 1, a Rádio Renascença, a Rádio Observador e a TSF, não ficou indiferente ao falecimento do cantor e muitas tocaram uma ou mais músicas do artista; em especial, a Rádio Amália chegou a tocar várias das músicas 0menos conhecidas do fadista. Independentemente do gosto musical de cada um, é inegável que o artista Carlos do Carmo deixa uma marca indelével no Fado e na música portuguesa em geral; razão mais que suficiente para que as rádios tenham - e bem - prestado a homenagem merecida ao cantor. Que o enorme Carlos do Carmo descanse em paz.